Buffer

Biografia
de René Descartes (1596-1650)

René Descartes

Descartes foi um filósofo, físico e matemático francês também conhecido na forma latina Renatus Cartesius.

Foi figura central do Racionalismo e, por isso, denominado o 'Pai da Filosofia Moderna'.

Segundo Roque,

"Na historiografia tradicional, o papel de Descartes e de suas contribuições à geometria aparece ora desconectado desse contexto mais amplo, ora como consequência vaga, no máximo de natureza filosófica" (ROQUE, 2012, p. 278).

Foi contemporâneo de Galileu.

Seu pai era juiz da Alta Corte de Justiça.

Sua mãe morreu de tuberculose.

Estudou no mais prestigioso colégio jesuíta da França e Direito na Universidade de Poitiers, a mesma onde estudou Francis Bacon

Em 1618, entrou a serviço de Maurício de Nassau durante a Guerra dos Trinta Anos para conhecer o mundo e a verdade.

Em 1619, teria tido uma 'visão mística' que o inspirou a um novo sistema matemático e científico, descrito em seu Discours de la méthode Pour bien conduire sa raison, et chercher la vérité dans les sciences (Discurso sobre o Método).

Publicou suas obras na Holanda, mais aberta, enquanto Galileu era processado pela Inquisição

Em 1633, seus livros entraram para o Index Librorum Prohibitorum, o Índice dos Livros Proibidos da Igreja Católica.

Imaginou o sistema de coordenadas cartesiano (de Cartesius).

Descartes - Coordenadas cartesisanas

Essa construção levou à Geometria Analítica.

Com Descartes, surge a noção de Lei física, sem o cunho teológico, dizendo que a lei é eficaz por si mesma, sem a necessidade de uma entidade ou divindade para sua execução.

Esta idéia está bem de acordo com a tendência agnóstica de sua época.

Relembrando o que vimos na aula História da Epistemologia - Parte 4, Descartes rejeitou qualquer verdade que não pudesse ser demonstrada verdadeira ou que não fosse evidentemente verdadeira. Com isso, retroagiu à evidência fundamental: existe alguém pensando, o que se transformou em seu lema "penso, logo existo".

Com a introdução da Análise, como método filosófico, por Descartes, em 1635, em oposição à Síntese, provocou a fragmentação do conhecimento, antes agregado sob a denominação geral Filosofia Natural, em disciplinas, tais como Física, Química, Matemática, Biologia, Medicina, Astronomia, etc.


Referências

Veja aqui minha aula sobre Racionalismo e Empirismo

Veja aqui minha aula sobre As Contribuições de Galileu e Newton


Voltar a Biografias.


Voltar a História da Física.


Voltar a Física Mecânica.


Citar esta página:
dos SANTOS, Renato P. . In Física Interessante. 6 Apr. 2016. Disponível em: <>. Acesso em: .

Voltar ao começo desta página

Voltar à página principal de Física Interessante


e-books Grátis


View Renato P. dos Santos's profile on LinkedIn

Renato P. dos Santos


Física Interessante no Google+



CSS válido!